Como prefere entrar em contato?
Bem Vindo(a)

A SEMANA EM 5 PONTOS: Bolsonaro define quem comandará a Procuradoria-Geral da República

Diego Amorim nos conta, em 5 pontos, os principais destaques desta semana (assista ao vídeo abaixo):

1) Depois que os Estados Unidos deram o aval para que Eduardo Bolsonaro seja embaixador do Brasil em Washington, o presidente Jair Bolsonaro deve confirmar nesta semana a indicação de seu filho à função.

Eduardo terá de ser sabatinado na Comissão de Relações Exteriores e, em seguida, sua indicação será votada no plenário do Senado. A votação, que deve ocorrer até o fim deste mês, será secreta e Eduardo precisará do apoio de maioria simples.

2) Também nesta semana, Jair Bolsonaro deverá anunciar o nome de quem vai substituir Raquel Dodge no comando da Procuradoria-Geral da República. O mandato de Raquel vencerá no mês que vem.

Bolsonaro tem sinalizado que não respeitará a lista tríplice da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR).

3) A reforma da Previdência começará a tramitar no Senado Federal, depois de ter sido aprovada em dois turnos na Câmara.

Nesta semana, deverão ser votados requerimentos para a realização de audiências públicas sobre o tema na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). No colegiado, a votação está prevista para o início de setembro.

A tramitação da reforma deverá ser concluída, com votação no plenário do Senado, no início de outubro.

4) Na Câmara, nesta terça-feira, deputados poderão votar a chamada MP da liberdade econômica, que tem o objetivo de, entre outras coisas, reduzir a burocracia para incentivar o empreendedorismo no país.

Aprovada, a medida provisória seguirá para o Senado, onde terá de ser referendada até 27 de agosto, para não perder a validade. Será mais um caso nesta legislatura em que os senadores terão pouco tempo para análise e votação.

5) Ainda no campo econômico, o ministro Paulo Guedes pretende divulgar nos próximos dias a proposta do governo de reforma tributária.

Sobre esse tema, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, apesar da disputa de protagonismo entre Câmara e Senado, têm dito que pretendem fazer com que uma única proposta tramite no Parlamento.

De resto, continuaremos de olho no STF e em todos os bastidores da política em Brasília.

Bom dia e boa semana.

Leia Mais

Conte o que você achou disso!

DATE: ago 12, 2019
AUTHOR: admin
Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *