Como prefere entrar em contato?
Bem Vindo(a)

Vida econômica

      
         
                                                    

Por:| Palavras-chave:Economia-título-Xinhua
French.china.org.cn| Atualizada a 14 – 08 – 2019

        

                          

Aqui está a nossa secção “Vida económica”:

– – –

O défice orçamental dos EUA aumenta em 27% durante os primeiros dez meses do ano fiscal atual

WASHINGTON – O déficit de Orçamento federal dos EUA atingiu 866, 8 bilhões de dólares nos primeiros dez meses do ano fiscal 2019, um aumento de 27% em relação ao mesmo período do ano passado, disse segunda-feira o Departamento do Tesouro. Este déficit de dez meses, que vai de outubro a julho, já superou o déficit de 779 bilhões de dólares registrados no último exercício fiscal, de acordo com os dados fornecidos pelo relatório mensal do Departamento de Tesouraria.

– – –

A oferta monetária da Coreia do Sul continua a crescer a uma taxa de juro quase

A oferta de moeda da Coréia do Sul continuou a crescer em junho graças a uma taxa de juros que quase atingiu seu nível mais baixo, informaram dados do banco central nesta terça-feira. O M2, índice de cálculo da oferta de moeda no sentido amplo, subiu 6,7% em junho na comparação com o ano anterior, após alta de 6,6% no mês anterior, segundo o Banco da Coréia (BOK ). Este crescimento ocorre quando o BOK deixou sua taxa de chave inalterada em um nível baixo quase por um período prolongado

– – –

Os cozinheiros de negociações comerciais sino-americanas falam por telefone

PEQUIM – O vice-primeiro-ministro chinês Liu He, membro do Birô Político do Comitê Central do Partido Comunista Chinês e líder do lado chinês do Diálogo Econômico Global sino-americano, falou na noite de terça-feira por telefone com o representante dos EUA. Robert Lighthizer e Secretário do Tesouro Steven Mnuchin, a seu pedido. Durante essas discussões por telefone, a China apresentou declarações solenes sobre as tarifas adicionais impostas pelos Estados Unidos sobre os produtos chineses a partir de 1º de setembro.

– – –

Argentina: o risco financeiro atinge uma linha em dez anos

BUENOS AIRES – A Argentina está enfrentando uma crise de mercado, com seu indicador de risco econômico alcançando seu nível mais alto desde 2009. Medido na terça-feira às 1. 14 pontos pecaminosos pelo JP Morgan, risco econômico da Argentina tornou-se o segundo mais alto do mundo. Este valor indica que os títulos de dívida da Argentina devem oferecer taxas de juros de 17 pontos percentuais acima dos rendimentos dos títulos em 10 anos do Tesouro dos EUA, que são atualmente cerca de 1, 68%.

                

                

Siga o site China.org.cn emTwittereFbpara participar da conversa.

    

          

        Fonte: Agência de Notícias Xinhua       

                   

                 

           

Leia mas

Conte o que você achou disso!

DATE: ago 14, 2019
AUTHOR: admin
Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *