Como prefere entrar em contato?
Bem Vindo(a)

'A igualdade de gênero não acontecerá por si só', diz primeira-ministra da Finlândia

Fonte https://www.huffpostbrasil.com/entry/sanna-marin-genero-igualdade_br_5e2c7808c5b6779e9c339d4f

gif;base64,R0lGODlhAQABAAAAACH5BAEKAAEALAAAAAABAAEAAAICTAEAOw== - 'A igualdade de gênero não acontecerá por si só', diz primeira-ministra da Finlândia

Sanna Marin, primeira-ministra da Finlândia, pediu que governos e empresas façam mais para garantir que as mulheres sejam tratadas de maneira justa, dizendo que a “igualdade não acontecerá por si só”, sem esforços contínuos.

A paridade de gênero é um grande tema na 50ª reunião anual do Fórum Econômico Mundial (WEF) que acontece nesta semana Davos, na Suiça. Uma série de relatórios destacando as contínuas lacunas de riqueza e oportunidades entre homens e mulheres em todo o mundo foram divulgadas no evento.

Marin, que aos 34 anos é a mais jovem primeira-ministra do mundo, disse que não foi uma grande surpresa que o governo finlandês, atualmente, seja comandado majoritariamente por mulheres, mas disse que avalia o debate que isso causou, no fim de 2019, muito positivo para pensar representatividade.

“Esperamos que, no futuro, este seja o novo normal”, disse Marin em sua fala no Fórum Econômico Mundial em que a plateia tinha, em sua maioria, mulheres. “Precisamos de leis e estruturas que conduzam à igualdade de gênero. Isso simplesmente não acontece por si só”.

Cerca de 3.000 membros da elite política, filantrópica e corporativa do mundo – reunidos por quatro dias nos Alpes suíços – ouviram como o mercado livre falha com as mulheres, que se ocupam mais do trabalho doméstico e do cuidado familiar, limitando suas oportunidades remuneradas.

Um relatório da Oxfam divulgado no início da cúpula apontou que mulheres e meninas, no mundo, gastam cerca de 12,4 bilhões de horas por dia realizando atividades domésticas e não remuneradas, o que acentua o impacto da desigualdade de renda na vida das mulheres a nível global.

Se fosse contabilizado e remunerado, esse trabalho agregaria pelo menos US$ 10,8 trilhões à economia mundial todo ano, estima a ONG. Cerca de 42% das mulheres no mundo em idade economicamente ativa estão fora do mercado de trabalho porque estão cuidando de alguém. Entre os homens, a fatia é de 6%, um número exponencialmente menor. 

Um relatório do Fórum Econômico Mundial, lançado ainda em dezembro de 2019, apontou que levaria 99,5 anos para eliminar a disparidade de gênero na política, economia, saúde e educação, de acordo com as tendências atuais.

Um porta-voz do Fórum disse que a participação feminina entre os participantes da cúpula aumentou para 24% este ano, ante 22% no ano passado, com o compromisso da organização de dobrá-la até 2030.

Além de Marin, participaram a chanceler alemã Angela Merkel, a ativista climática sueca de 17 anos, Greta Thunberg, e a atriz de Bollywood Deepika Padukone.

“Mas a igualdade não é apenas uma questão de mulheres, é também uma questão de homens”, disse Marin, que foi eleita primeira-ministra em dezembro.

gif;base64,R0lGODlhAQABAAAAACH5BAEKAAEALAAAAAABAAEAAAICTAEAOw== - 'A igualdade de gênero não acontecerá por si só', diz primeira-ministra da Finlândia

No evento, Thando Hopa (foto acima), a primeira modelo com albinismo a aparecer na capa da Vogue, convidou líderes empresariais e políticos a criar ativamente oportunidades às mulheres.

“A ausência de representação não se traduz em ausência de vida, de talento ou de valor”, disse a advogada de 31 anos enquanto caminhava pelo palco para um cenário de imagens coloridas de sua carreira de modelo. “Seja deliberado sobre diversidade e inclusão.”

Gabriela Ramos, chefe de gabinete da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico, disse que o progresso foi lento, apesar da crescente conscientização sobre o valor econômico das mulheres.

Ela disse que os governos devem ser mais proativos na revisão dos sistemas e regras tributárias para abordar a lacuna de gênero.

“Há um papel muito forte para os governos como reguladores”, disse Ramos. “Precisamos de soluções concretas.”

As mulheres do governo na Finlândia

gif;base64,R0lGODlhAQABAAAAACH5BAEKAAEALAAAAAABAAEAAAICTAEAOw== - 'A igualdade de gênero não acontecerá por si só', diz primeira-ministra da Finlândia

Em dezembro de 2019, Sanna Marin foi eleita a nova primeira-ministra da Finlândia e, ao mesmo tempo, aos 34 anos, se tornou a premiê mais jovem do mundo a liderar um novo governo de coalizão protagonizado majoritariamente por mulheres após uma reestruturação política no país.

A título de comparação, tanto no Brasil quanto nos EUA, a idade mínima para se tornar presidente é de 35 anos. 

“Eu nunca pensei na minha idade ou gênero, mas nas questões pelas quais assumi a política e nas razões pelas quais confiaram em nós nas eleições”, afirmou à emissora pública do país nórdico YLE após o anúncio da eleição.

Marin tomou posse em meio a uma onda de greves dos correios e protestos que interromperam a produção em algumas das maiores empresas do país. A Confederação Finlandesa das Indústrias estimou, à épica, que as greves custarão às empresas o total de 500 milhões de euros em receitas perdidas.

Finlândia foi um dos primeiros países da Europa a conceder o direito de voto às mulheres, em 1906, e foi o primeiro do mundo a eleger mulheres para o Legislativo, em 1907. 112 anos depois, o país alcança a posição de ser um dos poucos países no mundo que conta com a maioria de mulheres na política.

Kulmuni, que anteriormente ocupou a pasta menos importante de ministra de Assuntos Econômicos, substitui Mika Lintila. Ela assumiu o comando do Partido de Centro do ex-premiê Juha Sipila em setembro.

A líder do Partido Verde, Maria Ohisalo, de 34 anos, continuará como ministra do Interior, a presidente da Aliança de Esquerda, Li Andersson, de 32 anos, como ministra da Educação e Anna-Maja Henriksson, de 55 anos, do Partido do Povo Sueco, como ministra da Justiça.

Rinne continuará como líder dos Social Democratas ao menos até a conferência partidária que comandará em junho de 2020. 

Conte o que você achou disso!

DATE: jan 25, 2020
AUTHOR: admin
Ferramentas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *