Como prefere entrar em contato?
Bem Vindo(a)

Focas-cinzentas batem palmas debaixo d’água para se comunicar, sugere pesquisa

Fonte https://gizmodo.uol.com.br/focas-cinzentas-palmas-debaixo-dagua-comunicar/

Foca-cinzenta

Um vídeo inédito mostra uma foca-cinzenta macho usando suas nadadeiras para produzir um som alto debaixo d’água. Cientistas dizem que essa pode ser uma forma de comunicação que ainda não havia sido documentada, na qual as focas usam o som para atrair parceiros ou afastar rivais.

A comunicação debaixo d’água entre mamíferos aquáticos está tipicamente associada a sons vocais, como estalidos e assovios, mas uma nova pesquisa publicada na Marine Mammal Science destaca outra forma de comunicação em focas: as palmas subaquáticas.

A foca-cinzenta faz o som ao mover suas nadadeiras frontais uma perto da outra, o que resulta em um som bastante alto de palmas. O comportamento recém-documentado parece ser exclusivo dos machos, que parecem fazê-lo apenas durante a época de reprodução.

Os autores do novo artigo, liderado pelo biólogo marinho David Hocking da Universidade de Monash, na Austrália, dizem que as palmas provavelmente são uma demonstração de força, servindo o propósito de afastar potenciais rivais e indicando a aptidão reprodutiva.

“Pense em um gorila macho que bate no peito, por exemplo”, disse Hocking num comunicado. “Como as palmas das focas, essas batidas no peito carregam duas mensagens: sou forte, se afaste; e eu sou forte, os meus genes são bons.”

O ato de bater palmas entre as focas não é uma novidade, já que animais em cativeiro podem ser ensinados a bater palmas com um comando, como é frequente em parques temáticos aquáticos. Mas as focas-cinzentas neste estudo estavam na natureza, e elas executaram o comportamento espontaneamente.

Ben Burville, um pesquisador da Universidade de Newcastle e co-autor do estudo, capturou imagens raras de uma foca macho fazendo os sons das palmas ao largo da costa das Ilhas Farne, no nordeste da Inglaterra, em 2017.

“As palmas eram incrivelmente altas e no início achei difícil acreditar no que eu tinha visto”, disse Burville em um comunicado. “Como pode uma foca bater palmas tão altas debaixo de água sem ar para comprimir entre as nadadeiras?”

O macho foi visto nadando nas proximidades de uma fêmea antes de fazer o som das palmas. Outros machos também foram vistos nas proximidades. O vídeo captado por Burville é o único registo visual/acústico do comportamento, mas eventos semelhantes de palmas foram narrados pela equipe em cinco ocasiões diferentes, incluindo mais de 20 eventos de palmas ao longo de um período de 20 anos.

Documentar o comportamento das palmas tem sido difícil devido à sua “natureza rápida e geralmente de início súbito”, como os autores escreveram no artigo.

Ilustração mostrando como a foca-cinzenta usa suas nadadeiras peitorais para fazer o som das palmas. Imagem: D. P. Hocking et al., 2020/Marine Mammal Science

Os sons duram menos de um décimo de segundo e podem atingir frequências superiores a 10 kHz, de acordo com o artigo. As palmas raramente vêm em sequência, com mais de uma ou duas de cada vez, e tendem a ser dirigidas a outras focas próximas.

Os pesquisadores “não podem excluir a possibilidade de que as palmas também possam ter sido dirigidas ao mergulhador”, conforme escreveram no artigo, “entretanto, sua constante associação com a presença de outras focas e sua ocorrência frequente, mesmo quando o mergulhador estava fora de vista, torna essa interpretação improvável”.

Dito isto, os cientistas disseram que serão necessárias observações adicionais para confirmar suas descobertas e para dar suporte à afirmação de que essa “sinalização percussiva submarina”, como eles a chamam, é empregada por outros grupos de focas-cinzentas.

Como os pesquisadores apontam em seu trabalho, outros mamíferos aquáticos, como as focas-comum e as baleias jubarte, batem suas nadadeiras peitorais na água para intimidar os rivais e atrair parceiros.

As palmas debaixo d’água utilizadas pelas focas-cinzentas, no entanto, têm a vantagem distintiva de serem ouvidas tanto acima como abaixo da superfície da água, de acordo com os pesquisadores.

Esse é um estudo bacana, e mais trabalho de campo ajudará a dar corpo às descobertas. Infelizmente, o trabalho futuro também terá que determinar até que ponto a poluição sonora de navios e outras atividades humanas pode ter um impacto negativo nas focas-cinzentas e na sua capacidade de acasalar.

The post Focas-cinzentas batem palmas debaixo d’água para se comunicar, sugere pesquisa appeared first on Gizmodo Brasil.

Conte o que você achou disso!

DATE: fev 3, 2020
AUTHOR: admin
Ferramentas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *